Dinheiro brasileiro está contaminado com tóxicos Pesquisa mostra que cédulas brasileiras estão entre as que mais apresentam concentração de bisfenol.

21/11/2011 at 12:31 pm Leave a comment

Sabe aqueles comprovantes de compras com cartões de crédito e débito, que sempre ficam nas nossas carteiras por meses até que nos lembremos de guardá-los no local correto? Pois eles são criados com uma substância chamada bisfenol, que pode ser bastante nociva à saúde humana (causando disfunções hormonais, câncer e hipertensão).

Além disso, a substância também é responsável pela contaminação de notas de dinheiro que entram em contato com os comprovantes de cartão. Segundo a Revista Galileu, um estudo do Departamento de Saúde do Estado de Nova York  (Estados Unidos) analisou cédulas de 21 países para saber se as contaminações eram globais.

Os resultados são alarmantes: a grande maioria das cédulas está contaminada atualmente (incluindo as brasileiras). O bisfenol não é absorvido em grandes quantidades pela pele, mas quando as pessoas colocam as mãos na boca, a contaminação pode ser mais prejudicial ao corpo humano.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/saude/15567-dinheiro-brasileiro-esta-contaminado-com-toxicos.htm#ixzz1eLIFkzFO

Advertisements

Entry filed under: Uncategorized.

6 tecnologias de ficção que se tornaram realidade com o Kinect Como o sensor do Xbox pode estar adiantando o futuro? Como o Facebook ganha dinheiro? Conheça os meios lucrativos utilizados pelo site que, mesmo com publicidade e lojas, não perde o foco na interação social.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: