Presença online é fundamental para pequenas empresas Presença online é fundamental para pequenas

13/11/2011 at 10:03 pm Leave a comment

Já está mais do que claro que o investimento em marketing digital e promocional é fundamental para empresas de qualquer segmento. A visibilidade e o poder de viralização da internet justificam o investimento nesse tipo de mídia, que tem um excelente custo-benefício.

Recentemente o Copacabana Palace foi palco da maior premiação do Marketing Promocional Mundial. O The Globes Brazil reuniu diversas agências do mundo todo e contou com a colaboração de palestrantes com muita experiência de mercado.

No evento foram premiadas as agências com as melhores campanhas de marketing digital e promocional em 2011. O Conexão cobriu o evento e listou os premiados no artigo: ‘RJ: Globes Awards premia Marketing Digital Mundial’. As premiações e as palestras reforçaram ainda mais a importância desse tipo de publicidade, uma vez que o impacto e o público atingido tendem a ser maiores por um menor custo.

Apesar da importância do investimento, existem empresas de pequeno e médio porte que não podem investir significativamente para ter a presença online ideal. Qual deve ser o posicionamento desse tipo de empresa em relação ao marketing digital e à presença online?

Dois palestrantes que prestigiaram o evento deram entrevista exclusiva ao Conexão Mercado e sugeriram alternativas às empresas que não podem contratar uma grande agência para o serviço.

Os entrevistados Allister Frost e Daniel Couto possuem opiniões semelhantes em relação ao assunto. O primeiro, Cabeça das Estratégias de Marketing Digital da Microsoft, considera esse tipo de investimento fundamental:

“Em resumo, eu diria que para a maioria dos setores, se uma companhia realmente não tem possibilidades de investir especificamente em sua presença online, ela provavelmente também não tem recurso para investir em nada. Manter a marca online é algo essencial para a maioria dos negócios; se você não tiver isso, sua empresa terá que lutar para competir no mercado global e, até mesmo, no local. A menos que a especialidade seja design e comunicação online, muitas empresas não têm esse tipo de recurso já incorporado. Para isso podem contratar o serviço de uma agência. Se a contratação de uma agência for algo fora do orçamento, sugiro algum corte nos gastos para que assim o investimento possa acontecer; ou a tentativa da criação do recurso a partir do que já se tem na empresa, a partir de treinamentos e formação de equipe especializada e até mesmo a contratação de uma equipe com baixo custo, como estudantes de universidade. A manutenção de uma marca online forte pode tomar muito tempo e dinheiro, mas é essencial no mundo digital atual. Do meu ponto de vista, isso é uma das primeiras coisas que devem ser feitas e com ajuda de equipe especializada, portanto, será necessário arrumar tempo e dinheiro; não há alternativa”. – resumiu Allister.

O outro entrevistado, Daniel Couto, concorda com Frost, porém vê mais possibilidades no caso de falta de receita:

“No caso mencionado, de uma pequena ou média empresa sem possibilidades de contratar uma agência, a solução que normalmente vejo é o desenvolvimento da capacidade internamente. Às vezes com consultorias pontuais de acordo com a necessidade, mas muitas vezes simplesmente através de autoaprendizado”. – completa Daniel.

empresasEditoria: Conexão em Destaque, Mercado | 08/11/2011 por Arthur Gomes

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

Artista usa LEDs para criar constelações no céu de Londres Adobe diz: o Flash não poderia competir com o HTML5

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: