Mito ou verdade: passar borracha nos pentes de memória ajuda no desempenho do PC? Será que o pequeno objeto escolar realmente é capaz de fazer com que sua máquina fique mais rápida? Descubra agora a veracidade de uma das mais conhecidas histórias sobre manutenção de computador

11/09/2011 at 8:47 pm Leave a comment

Quando o assunto é manutenção de computadores, cada pessoa possui uma espécie de fórmula mágica capaz de fazer um PC antigo render como novo. Algumas não passam de lenda, mas são defendidas com tanto fervor por muito tempo que acabam se tornando verdade, com o agravante de saber que o primo do vizinho de um amigo seu já fez e funcionou.

O problema dessas soluções caseiras é que algumas são um tanto arriscadas e, em alguns casos, podem danificar seriamente seu computador. É para isso que o portal Baixaki criou a seção Mito ou Verdade, dedicada exclusivamente para saber até que ponto o que se fala na internet e nos tutoriais de fundo de quintal é realidade.

E o assunto a ser tratado hoje é algo que deixa muito usuário com um pé atrás: limpar o pente de memória com uma borracha melhora no desempenho do computador? Afinal, um objeto escolar tão simples assim é capaz de fazer milagres? Descubra agora!

Uma pequena sujeira no dente

Memória RAM

A memória (também conhecida como memória RAM) é uma das principais responsáveis pelo desempenho de um PC. Isso é algo que praticamente todo usuário já sabe, mas não adianta você possuir 4GB de RAM se o seu computador consegue ler apenas metade disso.

Quando a máquina já possui certa idade, é normal que fique mais lenta e perca toda a potência dos tempos de juventude. Toda sujeira acumulada pelos anos (ou meses, em alguns casos) de uso começa a prejudicar o funcionamento interno do PC e a comprometer seu rendimento.

Agora imagine toda essa poeira sendo depositada nos pequenos dentes dourados que fazem a ligação entre a memória e o restante do computador. Isso faz com que a placa-mãe não consiga ler todos os contatos corretamente e entenda que a capacidade máxima da peça é menor do que é realmente. Como você continua a usar o computador sem se dar conta disso, começa a notar apenas a queda de desempenho.Memórias

Além disso, outra grande vilã é a oxidação. Para quem se lembra das aulas de química da escola, esse é o mesmo processo que dá origem à ferrugem em equipamentos metálicos. Então, no caso da memória, é como se os contatos dourados começassem a enferrujar.

Por mais incrível que pareça, utilizar uma borracha realmente ajuda na hora de limpar os dentes da memória, já que a fricção entre o pequeno objeto escolar com os contatos consegue remover a oxidação acumulada.

É claro que isso não vai fazer milagres e só vai funcionar se o problema realmente for poeira ou oxidação dos contatos da memória. Caso o problema seja outro, você pode esfregar a borracha o quanto quiser e não vai conseguir nenhum resultado. Além disso, não espere fazer com que o seu computador fique melhor do que já foi um dia. O máximo que a borracha consegue fazer é resgatar um pouco da memória “escondida” pela sujeira. Se quiser desempenhos melhores, é melhor comprar uma nova.

Cuidados

Borracha 
deve ser maciaÉ claro que existem alguns riscos ao fazer isso. Por se tratar de um procedimento caseiro, deve-se tomar muito cuidado na hora de manusear e utilizar a borracha para não danificar a memória.

O primeiro alerta fica por conta do tipo de borracha a ser usada. Ao utilizar uma mais dura, por exemplo, você corre o risco de riscar algum dos contatos e danificar seriamente a sua memória. O ideal é que ela seja macia. E que esteja limpa, é claro.

E por falar em limpeza, lembre-se de remover todos os vestígios após a utilização. Ao apagar algo, sempre sobram restos de borracha e, se algum desses pedaços for para a placa-mãe, pode ser que o seu trabalho seja em vão – e retirar um pequeno pedaço de borracha da infinidade de circuitos não é uma tarefa tão fácil assim e se assoprar vai facilitar uma nova oxidação.

Mas o maior problema em realizar esse tipo de procedimento é a falta de cuidado ao manusear as peças. Todo componente eletrônico é composto por uma infinidade de pequenos e sensíveis circuitos que, ao menor toque, podem queimar. Por isso, antes de você fazer qualquer coisa é bom saber o que está fazendo. Ter conhecimento de onde pegar já é um bom começo, assim como estar atento quanto à energia estática. E nunca tente limpar a parte verde com a borracha. Além disso, evite friccionar por muito tempo.

Cuidado ao manusear a memória

Além disso, é aconselhado que você não utilize apenas o pequeno apagador para remover a sujeira. Existem alguns produtos especiais para isso e que, se utilizados em conjunto com a borracha, conseguem um melhor resultado na hora da limpeza. Portanto, opte por utilizar também algum spray específico para limpar contatos ou até mesmo álcool isopropílico.

 

Entry filed under: Uncategorized. Tags: , , , , , .

Visão geral de como solucionar problemas quando o computador não inicializa ou reinicializa corretamente Acredite se quiser: a pornografia está diminuindo na internet Além de contar com poucos sites renomados, o público está pesquisando menos sobre conteúdo adulto

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: