Nero Vision Xtra 10 Faça vídeos profissionais com o editor oficial do Nero

30/07/2011 at 10:50 pm Leave a comment

baixe agora

A quantidade de programas destinados a executar a tarefa de edição de vídeos é cada vez maior. Diversas suítes de aplicativos vêm aparecendo com programas que oferecem bons resultados e facilidades. Entretanto, nem sempre você encontra uma quantidade grande de ferramentas para fazer trabalhos mais avançados.

O Nero Vision Xtra é um excelente programa para editar seus vídeos, seja de maneira básica ou profissional. Ele traz tudo que um aplicativo mais avançado precisa, como várias faixas de áudio e vídeo, efeitos variados e uso de keyframes. Ele ainda inclui diversas trilhas musicais para você usar ao fundo de seus trabalhos.

Antes da instalação

A primeira coisa que o Nero Vision Xtra faz antes de iniciar é perguntar se você deseja instalar a “Barra Nero Ask Toolbar”. Caso você não queira, desmarque as opções e clique em “Avançar”.

Desmarque 
as opções.

Edição e gravação de vídeos profissionais

Quando o programa é aberto, uma espécie de assistente aparece para você escolher o que deseja fazer. Você pode começar a criar um filme, capturar vídeo para o HD, fazer um DVD, AVCHD, Blu-ray, CD ou gravar arquivos diretamente na mídia. Também há “Ferramentas do disco”, para limpar ou finalizar um disco.

Primeiro passo: configurações

Antes de mais nada, o ideal é que você prepare o programa antes de utilizá-lo. Para isso, clique no botão “Mais” no assistente inicial e selecione “Configurar”. Você pode definir o formato das imagens e as pastas do PC usadas para o armazenamento de arquivos do Nero Vision. Na aba “Edição”, é possível escolher uma duração padrão para a adição de imagens, textos e transições na criação de um vídeo.

Configurações.

Depois, em “Opções do formato de gravação” você escolhe o formato de vídeo padrão (é importante escolher NTSC, para compatibilidade com os aparelhos de reprodução, como DVD Players).

Nas abas dessa janela (como “DVD-Video”, “miniDVD” e várias outras) você configura essencialmente o formato de vídeo, aspecto (4:3 para fullscreen ou 16:9 para widescreen), qualidade e modo de codificação. A maioria das definições ficam em modo automático, mas você pode modificá-las livremente.

Começando um novo vídeo

Ao começar um novo filme, é aberta uma janela com opções para ele. Você pode definir o formato de vídeo (PAL ou NTSC), a resolução que vai ser usada (TV padrão ou de alta definição) e o áudio (mono, estéreo ou surround).

Há um botão “Opções avançadas” para você definir ainda mais configurações para o projeto antes de começar. Assim, você é capaz de escolher a quantidade de quadros por segundo e uma resolução personalizada para o vídeo. Já o áudio traz a taxa de amostragem e o número de canais.

Começando 
um vídeo.

Importando o conteúdo

O primeiro passo para a edição de um vídeo é a importação do conteúdo que você quer utilizar. Tenha a certeza de que usa formatos com codecs mais comuns, como DivX, WMV, MP4 (H.264), MP3 e WAV. Assim, você se certifica de que tudo funcionará corretamente. É possível converter tudo antes com algum programa especializado, como o FormatFactory.

Tudo que é inserido no programa aparece em “Minha Mídia”. Você pode adicionar mais conteúdo ao clicar em “Importar” e escolher a origem (arquivo, internet, scanner etc.). Tudo fica catalogado em abas: “Vídeos”, “Imagens”, “Áudio”, “Clipart” e “Música”. O próprio programa já traz alguns clipes para você utilizar em seus projetos.

Importe os 
clipes.

Edição do vídeo

Depois de importar todo o conteúdo que deseja utilizar, basta arrastar os vídeos, efeitos sonoros e trilha musical para a “Linha do Tempo”. Se achar mais prático, há também um estilo “Storyboard”, para ver o andamento por miniaturas (isso torna a edição mais fácil para os leigos no assunto).

Quando o conteúdo já está na linha do tempo, você pode pré-visualizá-lo ao pressionar o “Play” ou a barra de espaço do teclado. Para selecionar vários elementos de uma vez, você deve usar a ferramenta “Seleção Retangular”, localizada no painel ao lado direito da tela.

Realize os 
cortes.

Nesse mesmo local, no ícone de tesoura, você seleciona o “Corte”. Assim, basta pressionar sobre qualquer clique para dividi-lo em duas partes. Depois, é só selecioná-lo e escolher delete para excluí-lo o trecho restante.

Quando você seleciona um clipe da linha do tempo, pode acessar as “Propriedades” dele em um dos painéis do programa. Assim, é possível definir o nível de áudio, ponto âncora, posição, escala, rotação e opacidade. O programa ainda permite o uso de “keyframes”, para uma transição mais suave das modificações que você fizer.

Efeitos, textos e transições

Assim que um clipe é selecionado, você pode selecionar diversos tipos de filtros visuais para ele em “Paleta de efeitos”. A quantidade deles é enorme e divide tudo em categorias, como “Áudio”, “Nitidez e Desfocado”,  “Deslocar e Aproximar”, “Distorcer”, “Simulação”, “Cor Criativa”, “Efeito de Arte”, “Chroma Key” e vários outros.

Os efeitos que forem aplicados aparecem dentro do painel de “Propriedades”, com diversos ajustes próprios que podem ser feitos, inclusive, com a utilização de keyframes. Caso queira excluir qualquer filtro, clique no ícone de lixeira.

Aplique 
efeitos.

Os títulos podem ser encontrados também na “Paleta de Efeitos”, com diversas animações diferentes. Para adicionar, arraste qualquer um deles para a linha do tempo. Para que fique sobre algum clipe, tenha a certeza de  que usa uma outra faixa, como “Vídeo 2”. Depois, mude o texto e outras definições no painel “Propriedades”.

Dentro dessa mesma paleta, ainda ficam os efeitos de “Transição”, com diversas categorias: “Dissolver”, “Deslizar”, “Zoom”, “Desfolhar”, “Rodar”, “Erosão”, “Limpar” e muito mais. Basta arrastar qualquer uma das miniaturas de transições para o meio de dois vídeos na linha do tempo para aplicá-las.

Várias 
transições.

Exportando o projeto pronto

Quando terminar toda a edição e quiser salvá-la em um arquivo de vídeo, clique em “Exportar”. Primeiramente, selecione uma das opções que estiver de acordo com seu objetivo, como “Exportar vídeo para arquivo” ou “Exportar para internet”.

Depois, defina o formato (WMV, MPEG4 ou Flash) e qual o “Perfil”. Se desejar, clique em “Configurar” para opções mais detalhadas, como aspecto, taxa de quadros e qualidade. Para finalizar, pressione “Procurar” e escolha o local em que deve ser salvo o clipe final.

 

 

 

Entry filed under: Nero. Tags: .

Isqueiro Zippo esconde uma verdadeira arma de fogo Dispositivo modificado é capaz de disparar balas em miniatura da mesma forma que um revólver. As perguntas mais freqüentes sobre feed

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: